Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Uma profissão que admiro

por *Márcia S.*, em 18.12.18

Há diversas profissões que eu admiro, mas a que resolvi falar aqui hoje é por motivos que passo já a explicar. Admiro muito os escritores, no seu todo. Há certos pontos em que gostava de ser como eles e chego a invejar (aquela inveja "saudável) certos pontos sobre eles, a forma como eles conseguem realizar certas coisas com tanta "naturalidade". Invejo-lhes a paciência com a escrita e a inspiração que conseguem ter. Adorava inspirar-me com "qualquer coisa" e escrever assim coisas bonitas como muitos deles!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Roupas preferidas de inverno

por *Márcia S.*, em 16.12.18

Não sei se sou só eu, mas gosto de me sentir confortável, todo o ano, com a roupa que visto. Mas, no inverno... esqueçam lá isso! Eu tenho de me sentir ainda mais confortável que no resto do ano inteiro! As calças de ganga para mim são indispensáveis e não podem ser demasiado apertadas. As camisolas, nos últimos tempos tenho optado por polares e daquelas com pelinho por dentro (porque o frio também não perdoa). São super confortáveis e quentinhas! Os casacos, normalmente não gosto que sejam muito pesadões, mas a regra principal é ficarem bem folgados!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como é possível existirem lados "maus" em estarmos a trabalhar? A realidade é que existem esses pontos negativos. Acabamos por respirar e transpirar trabalho durante as horas de trabalho e mesmo após sairmos de lá. Já tudo isto é negativo, então se juntarmos a esta festa o facto de não gostarmos com quem trabalhamos ou não nos darmos bem com eles torna tudo muito mais insuportável. Sim, porque em todos os trabalhos vamos ter de lidar com pessoas de quem não gostamos, é uma realidade, mas que torna todo um ambiente pesado... lá isso torna!

Já para não falarmos de o tema "trabalho" acabar por se tornar no assunto do dia-a-dia nas nossas relações com o namorado/marido/família. Se isto é favorável? Logicamente que não, acaba por se tornar exactamente o oposto. Deixa quem nos rodeia saturados de nos ouvir falar do mesmo assunto e de nos ver cansados e metidos sempre dentro do espaço que deveria deixar-nos minimamente satisfeitos e confortáveis de o frequentar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E hoje foi o dia de...

por *Márcia S.*, em 12.12.18

...juntar o passeio com o namorado com o terminar de comprar os presentes de Natal. Detesto as correrias de última hora nos presentes de Natal, mas parece que as pessoas decidiram todas andar na rua e no shopping a fazer compras. E eu que detesto andar a fazer compras com as lojas cheias de gente... Parece que me sinto claustrofóbica!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Presentes de Natal

por *Márcia S.*, em 11.12.18

Este ano os presentes de Natal foram mais pensados. Mais pensados no sentido do valor total a gastar em tudo. Não importa muito agora o valor, não foi ultrapassado por muito, por isso foi concluído digamos que com 90% de sucesso. Já sabia que iria gastar um pouco mais que o que tinha estipulado, pois queria oferecer umas coisas extra a algumas pessoas. Sou a favor de que se deve oferecer lembranças do que presentes assim "enormes". Posso gastar um pouco mais se souber que a pessoa está mesmo a precisar daquele artigo. E porquê lembranças? Porque é a altura do ano em que se oferece mais presentes. É a altura do ano que acabamos por ter mais pessoas a quem oferecer um "miminho". Então, assim não gastamos nada de exagerado e conseguimos oferecer a todos, sem sentirmos que estamos na obrigação de comprar algo. Gastamos menos em cada pessoa para "mimar" mais pessoas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens