Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O melhor e pior de 2018

por *Márcia S.*, em 16.01.19

O ano de 2018 já passou, e o meu "balanço final" foi feito um pouco depois do seu término. No meu ponto de vista, o lado pior ou "mais negativo", resume-se ao lado profissional. Penso que o facto de não me sentir bem na área em questão, e mesmo a empresa não fazia o seu melhor para que os seus funcionários se sentissem 100% bem e motivados nela. Foi então este que se tornou no ponto mais negativo deste ano. Tirando isto, penso que tudo o "resto" acabou por ser bastante positivo. Desde as amizades que criei, ao encontrar o amor da minha vida, a encontrar a forma de me conhecer um pouco melhor a mim mesma. 2018 seria o ano, o meu ano, e realmente foi! Foi um ano de enormes descobertas, foi o ano em que fiz mil e um planos que nunca imaginei fazer. E que 2019 seja a continuação dos bons momentos do ano anterior!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Série RE:MIND

por *Márcia S.*, em 12.01.19

Em Dezembro fiz uma lista de algumas séries que queria ver agora em 2019. Esta é uma série exclusiva da NETFLIX e que, por sinal, o mês passado estive a usar o mês gratuito e acabei por ver juntamente com o meu namorado a série toda ainda em Dezembro. 

Esta é uma série japonesa e exclusiva da NETFLIX, como já tinha referido, e todos os seus episódios rondam os 20 ou 20 e poucos minutos. Este último ponto foi um dos que me agradou na série pois no que toca a séries prefiro que sejam de episódios curtos para as conseguir ver até ao fim, sendo mais longos os episódios o mais provável (como aconteceu com outras) é ver os primeiros episódios e nunca mais lhes tocar. RE:MIND retrata então 11 alunas de uma escola que ficaram presas numa sala sem saberem o porquê e praticamente toda a série é relatada nessa dita sala, com algumas imagens de um passado recente. 

Pelo que tinha lido da série antes de a ver, pareceu-me ser algo que me ia agradar ver. O tipo de série que me poderia agradar, episódios rápidos de ver e tal. No entanto, tenho de confessar que cheguei nem a meio da série e já estava farta. Acabei de a ver porque poderia até ao final valer a pena aqueles "não gosto" iniciais de que não estava a gostar. Mas, mesmo até ao fim, a opinião manteve-se a mesma. Não foi uma série, nem de perto nem de longe, que tivesse gostado ou que recomendasse a alguém a ver. Achei uma série chata, sem grande conteúdo. Não achei que os episódios tivessem aquele ponto que nos cative mesmo a ver, que mostre algo que fiquemos mesmo "wow, que demais".

Autoria e outros dados (tags, etc)

E, faz hoje um ano...

por *Márcia S.*, em 24.12.18

Faz hoje um ano que a minha vida deu uma volta mesmo muito grande! Refiro-me ao meu namorado, quiçá futuro marido, mas que mudou toda a minha vida! Esta história já começou faz 10 anos... 10 anos em que muitos deles não nos falamos, e depois voltamos a falar... Mas, faz hoje exactamente um ano que eu seleccionei as pessoas a quem queria desejar um feliz Natal. Por vezes na correria do trabalho, e com o cansaço à mistura, acaba por ficar tudo para a última da hora. Mas, o ano passado não queria deixar escapar essas pessoas. Ele foi um deles! E desde esse dia que posso garantir que não houve um único dia que não tenha falado cm ele! Não sabia que tudo se iria tornar no que se tornou, mas estou extremamente feliz com o resultado!

Resultou numa relação forte, que nos satisfaz aos dois, que nos deixa super felizes, cúmplices e acima de tudo muito amigos. Sinto que nos completamos em tudo o que já passamos e mesmo no presente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Filmes de Natal?

por *Márcia S.*, em 21.12.18

Quem resiste a ver filmes alusivos a esta altura do ano? Pessoalmente acabo por ver sempre algum que esteja a passar na tv naquele momento. São raros os anos que não vejo o já tradicional "sozinho em casa". Mas, este Natal tenho novas sugestões para os próximos dias. Por exemplo:

  • As crónicas de Natal
  • 48 desejos de Natal
  • O calendário de Natal

Pareceram-me ser boas opções para os dias que se avizinham.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quiseste acreditar que a sorte ia mudar

por *Márcia S.*, em 09.12.18

Quiseste acreditar que a sorte ia mudar. Que tudo seria diferente, para melhor. Que tudo seria diferente, em bom. Quiseste acreditar que, um dia, por obra do destino ou outra coisa qualquer a sorte ia chegar. Que a sorte ia chegar e fazer toda a diferença do mundo. E, acreditar ainda não paga imposto. 

 

E eu quis acreditar e acreditei realmente que a sorte ia mudar. E na realidade tive muita sorte todo este ano. Também uns tantos azares, é verdade, mas o lado bom foi realmente extremamente bom! O lado bom realmente superou todo o mal que foi acontecendo ao longo do ano e superou tudo o que de bom eu esperava que podia vir acontecer. Adorava que certos pontos negativos não tivessem acontecido, sim adorava! Mas por outro lado, não queria mudar nada disso, seria demasiado fácil a luta que depois se avizinhava. E, como sempre foi o meu espírito, o fácil nunca me consegue atrair. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens