Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Estar com alguém que apoia e incentiva os nossos sonhos e objectivos torna-se uma peça fundamental no nosso dia-a-dia e no nosso futuro.
Não só porque acabamos por ter alguém de quem gostamos e confiamos a acreditar em algo que nós mesmos gostamos de realizar, como nos motiva a seguir caminhos que talvez tivéssemos receio de seguir. Por vezes podemos ficar um tanto inseguros com aquilo que estamos a sonhar ou com os objectivos que queremos concretizar. Ter alguém ao lado que nos diz "não perdes nada em tentar, força que vais ver que consegues", acaba por nos tornar mais confiantes e menos pensativos no "e se...".

Sou da opinião que devemos arriscar e seguir o que desejamos, o que sonhamos e colocamos como nosso objectivo. Se para isso precisamos de um empurrão? Porque não aproveitar e agradecer também a quem temos ao nosso lado e acredita no nosso potencial?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma série inesperada

por *Márcia S.*, em 16.01.19

Estes últimos dias andava com vontade de ver uma série, mas não sabia bem qual. Apesar de ter uma lista com séries que queria ver este ano, não me apetecia ver aquelas, queria algo diferente mas não sabia ao certo o quê. Até que uma alminha, diga-se meu namorado, se lembrou de me recomendar uma série que nunca tinha visto mas achou que era dentro do tipo que eu gostava. Ash vs Evil Dead. Não sabia se iria ou não gostar, mas dei o beneficio da dúvida pois interessou-me o género de série em que se enquadrava.

Ainda não terminei de a ver, mas é realmente uma série como eu gosto, que estou a ver um episódio e me prende do inicio ao fim e, ainda mais, faz-me querer ver o episódio seguinte!

Digamos que a série se baseia em um homem que, ao fim de 30 anos de andar a caçar monstros e demónios, teve de voltar a essa vida que tem tanto de estranha como de horrorizante e aventureira. É também baseada no filme "The Evil Dead", são apenas três temporadas, os episódios não são demasiado longos nem cansativos e é um misto de comédia, humor negro, fantasia, terror e acção!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O melhor e pior de 2018

por *Márcia S.*, em 16.01.19

O ano de 2018 já passou, e o meu "balanço final" foi feito um pouco depois do seu término. No meu ponto de vista, o lado pior ou "mais negativo", resume-se ao lado profissional. Penso que o facto de não me sentir bem na área em questão, e mesmo a empresa não fazia o seu melhor para que os seus funcionários se sentissem 100% bem e motivados nela. Foi então este que se tornou no ponto mais negativo deste ano. Tirando isto, penso que tudo o "resto" acabou por ser bastante positivo. Desde as amizades que criei, ao encontrar o amor da minha vida, a encontrar a forma de me conhecer um pouco melhor a mim mesma. 2018 seria o ano, o meu ano, e realmente foi! Foi um ano de enormes descobertas, foi o ano em que fiz mil e um planos que nunca imaginei fazer. E que 2019 seja a continuação dos bons momentos do ano anterior!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Série RE:MIND

por *Márcia S.*, em 12.01.19

Em Dezembro fiz uma lista de algumas séries que queria ver agora em 2019. Esta é uma série exclusiva da NETFLIX e que, por sinal, o mês passado estive a usar o mês gratuito e acabei por ver juntamente com o meu namorado a série toda ainda em Dezembro. 

Esta é uma série japonesa e exclusiva da NETFLIX, como já tinha referido, e todos os seus episódios rondam os 20 ou 20 e poucos minutos. Este último ponto foi um dos que me agradou na série pois no que toca a séries prefiro que sejam de episódios curtos para as conseguir ver até ao fim, sendo mais longos os episódios o mais provável (como aconteceu com outras) é ver os primeiros episódios e nunca mais lhes tocar. RE:MIND retrata então 11 alunas de uma escola que ficaram presas numa sala sem saberem o porquê e praticamente toda a série é relatada nessa dita sala, com algumas imagens de um passado recente. 

Pelo que tinha lido da série antes de a ver, pareceu-me ser algo que me ia agradar ver. O tipo de série que me poderia agradar, episódios rápidos de ver e tal. No entanto, tenho de confessar que cheguei nem a meio da série e já estava farta. Acabei de a ver porque poderia até ao final valer a pena aqueles "não gosto" iniciais de que não estava a gostar. Mas, mesmo até ao fim, a opinião manteve-se a mesma. Não foi uma série, nem de perto nem de longe, que tivesse gostado ou que recomendasse a alguém a ver. Achei uma série chata, sem grande conteúdo. Não achei que os episódios tivessem aquele ponto que nos cative mesmo a ver, que mostre algo que fiquemos mesmo "wow, que demais".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bird Box - Caixa de Pássaros

por *Márcia S.*, em 11.01.19

Vi a semana passada o filme Bird Box, ou Caixa de Pássaros como preferirem chamar. Está incluído nas categorias de ficção cientifica, romance, drama e thriller e já é uma adaptação do livro escrito por Josh Malerman. Achei o trailer interessante mas não achei que me fosse cativar como cativou, muito sinceramente. Dificilmente me consigo manter um filme do inicio ao fim (pode mesmo dizer-se que sou um tanto esquisita a escolher filmes). Muitas das vezes não acho os filmes nada de especial ou simplesmente não correspondiam ao que era esperado da minha parte. 

Este foi o oposto, chamou-me alguma atenção pelo que vi mas não achei que fosse achar assim nada do outro mundo. Vi e gostei, não posso dizer que não, porém não lhe daria nota máxima. O fim foi, para mim, confuso e que acabou por "destruir" o que teria visto anteriormente. É um filme bom, sim, e que fica na memória. Mas ao decorrer do que ia vendo no filme esperava muito mais do seu final. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens