Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sonhar nesta vida não chega

por *Márcia S.*, em 19.06.18

Conforme fui crescendo fui crescendo fui percebendo que sonhar é bom mas que, por si só, não chega. Os sonhos, por si só, não modem montanhas. Não é suficiente ter sonhos se for para os deixar estar escondidos na gaveta. Não chega sonhar de for para apenas dizer que sonhamos. De que valerá dizer "Eu tenho este sonho" se não formos em busca deles, lutar para os concretizar? Cada vez mais se sonha por sonhar, sem pés nem cabeça.
Por isso, sonhar nesta vida não chega. Não chega se não estivermos dispostos a lutar para os concretizar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

E se... O melhor amigo virar namorado?

por *Márcia S.*, em 24.03.18

Sempre disse que estava e estaria bem sozinha, e na realidade estava extremamente feliz. Muito feliz por sinal, mas a minha vida resumia-se a casa-trabalho e trabalho-casa. Eu vivia para o trabalho e não me sentia mal com isso. Até certo ponto fazia-me sentir viva... Achava eu! Até que ponto conseguimos ser "inocentes"? Até que ponto conseguimos ter umas palas que nos faz ver apenas um sentido na vida? Nunca pensei desta forma na altura, até porque não havia motivos para tal.
Mas, como sempre, faltava-me algo. Faltava-me algo para conseguir dizer "eu estou 100% completa". Não sabia o quê mas não era algo que me preocupasse muito a sério. Um dia, com o seu jeito fechado natural nele, disse-me algo que me fez pensar "ele é o tal e é quem me falta na minha vida para me sentir completa!". Aos poucos fomos ficando inseparáveis. Sem nos apercebermos ao longo de 10 anos de amizade, ou pelo menos sem eu me aperceber, o nosso sentimento e a nossa ligação cresceram de uma forma tão natural e ao mesmo tempo tão inexplicável que podemos afirmar ser a parte que faltava na vida um do outro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

5 sonhos realizados até ao dia de hoje!

por *Márcia S.*, em 18.06.17

Em algum momento da nossa vida acabamos por ter um sonho, seja ele qual for, e que nos deixa felizes (mesmo que por meros momentos). Então, lembrei-me de 5 deles que realizei até ao dia de hoje!

  1. Aprender a amar-me!
  2. Descobrir formas de superar os contratempos
  3. Ter um cão (sim, sempre quis ter um animal que fizesse parte da família e durante muitos anos a minha mãe se recusou, até aceitar que gostava de ter um também)
  4. Perdi um pouco da minha timidez que me acompanhava desde que me conheço
  5. Encontrei o amor, daqueles que se sonha quando somos crianças e achamos que isso não existe!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acreditei que a vida é feita de sonhos

por *Márcia S.*, em 08.04.16

Sempre acreditei que a vida seria feita de sonhos. Talvez este fosse um sonho demasiado exagerado, mas achei (até certa altura) que assim era. Apesar de saber que de nada valia sonhar se não fizesse o esforço para os concretizar, posso dizer que sonhei muito, muito mesmo! Um dia sonhei no "felizes para sempre". Mas nem tudo é tão certo, linear e bonito como pensar no amor e uma cabana (será que isso existe ou alguma vez existiu?). Um dia, estive demasiado perto de acreditar que o meu sonho se podia concretizar e que o "amor para sempre" realmente existia. Na verdade até pode existir, mas não naquela situação, não comigo! Um dia acreditei que seria feliz para sempre, que mesmo tendo tristezas teria aquela pessoa sempre do meu lado para me retirar um sorriso e me fazer ver que nem tudo é tão negro como parecia.

Naquela altura, quando tudo era perfeito, dentro da sua imperfeição, eu conseguia acreditar no amor. Acreditar nos sonhos que tive, nos planos que tinha, acima de tudo porque acreditava no sentimento existente de parte a parte. Acreditei que o "felizes para sempre", apesar dos contratempos podia realmente acontecer comigo. Sim, talvez estivesse a fazer "um grande filme" na minha cabeça, sem dar conta disso. Mas era um sonho e eu sempre acreditei que a vida seria feita de sonhos.

Ao fim de algum tempo confirmei que o "felizes para sempre" não existia, pelo menos comigo! Pelo menos naquela altura não seria o lema que poderia trazer até hoje. Não se realizou, não por falta de tentativa. Talvez por exageros ou cansaço, não sei. Agora, hoje, não importa mais. Não voltei a sonhar, pelo menos com o "felizes para sempre". Hoje não sinto falta disso. Agora, no presente, percebi que afinal a felicidade tem de depender de nós, e SÓ de nós. Não esperar que essa felicidade seja entregue por alguém, mas sim que venha complementar a felicidade já existente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O sonho voou

por *Márcia S.*, em 23.03.16

Não conheço ninguém que não tenha sonhos, que nunca tenha sonhado, que nunca tenha pensado "este é o meu maior sonho". Penso que sonhos todos temos, mas somos nós que temos de lutar por eles. De que nos serve dizer que o nosso sonho não se realiza se não lutarmos por ele? Nada é por acaso e os sonhos, alguns deles claro, não são mais do que um objectivo (ou meta) a atingir a longo ou curto prazo. Nem sempre temos a motivação suficiente para lutar pelo que realmente queremos. É aí, talvez, que os sonhos acabam por voar, que paramos de sonhar, que deixamos de fazer uma das melhores coisas que podemos fazer sem que nos seja cobrado algo.

Já tive muitos sonhos ao longo dos anos, uns mais realistas do que outros, uns concretizei, outros estou a concretizar aos poucos e ainda existem tantos outros para concretizar, se tiver tempo para tal. Penso que no dia em que deixarmos de sonhar, perdemos um tanto de felicidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens