Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Depois dos 20

por *Márcia S.*, em 01.06.18

Após os 18 senti que não tinha mudado grande coisa na minha vida por ter atingido a suposta "idade adulta" que digamos, de "idade adulta" tem muito pouco. Sentia que nada tinha mudado em mim, nos meu objectivos até então, pois eram praticamente os mesmo que tinha até então. Nada se tinha alterado ou modificado, tudo se mantinha um bocadinho mais ou menos dentro dos mesmos padrões anteriores. Não havia muito que tivesse alterado nesse aspecto. No entanto, mudou um pouco a partir dos 20. Após essa idade, quase não dei pelo tempo passar. Os anos voaram, já lá vão 5 anos e parece que foi ontem que me sentia um tanto perdida no mundo. Como se não fizesse parte de lado nenhum. Era como se eu só fosse eu na minha cabeça, ninguém conhecia o meu verdadeiro eu e, na realidade, eu não fazia questão de o demonstrar. Dava-me, posso confessar, um certo gozo que por vezes tentassem perceber quem eu era realmente sem sucesso. Não fazia questão que, fosse quem fosse, soubesse um terço do que eu era ou porque tomava certas atitudes. 

Porém, a partir dos 20's tudo isso mudou. Como se um clique desse na minha mente e já nada me importasse sobre esse assunto. E isso, em parte, mantém-se até hoje. Estou nem aí para que saibam o que sou, quem fui e o que tenciono ser. A partir dessa altura eu não quis saber se a minha forma de ser seria aceite por quem me rodeava. Talvez nessa altura foi quando me tornei de uma forma mais agressiva naquela miúda que não quer saber se aceitam bem ou mal a sua opinião. Acabei por perceber que não vale de nada passar pelo mundo de forma silenciosa. Certamente existe alguém no mundo, nem que uma única alminha, que concorde com algo do que eu penso e digo. Já não me importava se ficariam chocados com a minha forma de ser, nua e crua, pois nada pode pagar o sermos nós próprios com tudo a que temos direito. Ficaria certamente mais preocupada com o peso na consciência se tivesse muitos "amigos" mas que apenas soubessem as minhas falsas opiniões. 

Após os 20 os objectivos começaram a ser mais consistentes, muitos deles continuam a ser os mesmos hoje. Após os 20 fui mudando por diversas vezes a minha opinião sobre mil e uma coisas. Com toda a certeza que posso ter dado uma volta muito grande na minha vida, mas não parei no mesmo ponto em que me encontrava antes dos 20's. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quando me querem surpreender

por *Márcia S.*, em 14.07.17

Quem não gosta de surpresas? Principalmente se vierem de alguém de quem gostamos muito!Mas será que sou a única que tem algum problema surpresas, vindas de quem quer que seja? Serei a única curiosa, a única que "fica em pulgas" quando sabe ou desconfia que algo vai acontecer?

Eu cá tenho um problema com surpresas... Adoro ser surpreendida mas, por favor, quando me quiserem surpreender não me digam que estão a preparar algo para mim! Eu fico em pleno estado de nervos por querer saber tudo logo mal me dizem "estou a preparar algo para ti". Sim, sou bastante curiosa, muito mesmo" Podem surpreender-me mas, por favor, que seja 100% surpresa para eu não ser chata a perguntar sempre do que se trata.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma mania que tenho

por *Márcia S.*, em 03.07.17

Dei por mim há uns dias a pensar em manias que tenho, e tenho várias diga-se de passagem, e uma delas foi a primeira a passar-me pela cabeça. Guardar "recordações" de coisas que fiz/vi/visitei. Por exemplo, ir ao cinema e guardar o talão para me lembrar mais tarde que aquele filme vi no cinema (como se me esquecesse que o vi lá, mas pronto... manias)! Estava eu a arrumar umas coisas minhas quando dei com uns quantos desses talões (não todos de cinema claro, de diversos locais onde fui) e por mais estranho que pareça parece que revivi em questão de minutos todos esses dias.

Por outro lado, tanto os guardo como passado um tempo volto a encontrar tais papeis e os deito todos fora. Portanto, a minha lógica deve ser guardar essas "recordações" temporáriamente?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Signos / horóscopo

por *Márcia S.*, em 09.02.16

Durante muito tempo tive vontade de ler o meu signo e não o fazia porque me diziam que dava azar. Tal como me disseram que dava azar ver o nosso horóscopo de dias anteriores e isso, por acaso, evito fazer. No entanto, por vezes, gosto de ir ver o que dizem que vai acontecer no meu signo naquele dia/semana. Não o faço todos os dias e passam-se meses sem o ler, mas é algo que gosto de ver. Não é que acredite em tudo ou ache tudo verídico, mas algumas coisas batem certo. Claro que muitas delas dependem do nosso esforço, afinal de contas nada vai cair do céu.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Superstições

por *Márcia S.*, em 08.02.16

Que tal revelar algumas superstições que tenho? Sim, é verdade, sou supersticiosa! Mas não demasiado, sou com algumas coisas.
Por exemplo:

  • Não gosto de passar por baixo de escadas;
  • Evito partir espelhos. Livrem-me de ter 7 anos de azar, segundo dizem;
  • Não deixo o calçado virado ao contrario (coisas que a minha querida mãe me meteu na cabeça e sempre cumpro!);
  • Não deixo os cordões do calçado amarrados (mais coisas da mãe);
  • Não deixo a carteira (mala,bolsa, como preferirem, eu chamo-lhe carteira) no chão. Segundo dizem, é dinheiro a menos e não vá o diabo fazer das dele... ahah)

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens