Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Os resultados nem sempre são o que esperamos

por *Márcia S.*, em 13.04.16

Desde que comecei a fazer os possíveis para emagrecer, aprendi algo extremamente importante (a meu ver) que todo o ser humano deveria aprender: ser paciente! E ser paciente porquê? Porque os resultados não aparecem do dia para a noite, não existe nenhuma fórmula mágica que nos vai fazer emagrecer X peso em X tempo, só porque nós queremos. O resultado do peso perdido é uma junção de variados factores como por exemplo a dedicação, esforço, motivação, entre outros. Nem todos conseguimos os mesmos resultados no mesmo período de tempo. Nem tudo funciona bem, ou de igual forma, com toda a gente. Só porque o vizinho do lado conseguiu atingir o que pretendia num determinado tempo, não significa que nós também sejamos capazes de o fazer, nos mesmo moldes que o nosso vizinho.

Nem sempre os resultados que tanto ansiamos aparecem da forma, e no tempo, que nós desejamos. Também tudo, ou quase tudo, vai depender do nosso empenho para com o nosso objectivo. Também existe uma considerável percentagem que devemos ter em conta: como o nosso corpo vai reagir ao que temos proposto para "lhe fazer". Acho sempre importante não criarmos metas demasiado "estranhas", de forma a não nos desiludirmos mais tarde. Da mesma forma, acho importante não desanimar e continuar a lutar, mesmo que o resultado não tenha sido o esperado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Grão a grão... vou ficando feliz!

por *Márcia S.*, em 11.04.16

Por vezes ando a ler artigos ou depoimentos sobre pessoas que também estão em fase de emagrecimento, ou estiveram, e quando vejo bem essas pessoas perderam em 1 ano o que eu perdi em 2. Não quer dizer que alguma das partes esteja a fazer algo de errado (também depende se colocamos metas e realmente as cumprimos), simplesmente fazemos escolhas diferentes e temos corpos diferentes. Certamente teria conseguido perder num ano o que perdi em dois, se tivesse feito mais esforço claro. Mas estou feliz com os meus resultados na mesma. No meu caso em particular, se num mês eu perder 1 quilo ou 500 gramas, vou ficar feliz de ambos os resultados. Ficaria triste se tivesse ganho peso, isso seria um retrocesso ao meu esforço. Se não perder peso mas mantiver o peso do mês anterior ficarei feliz também. Quando chegar ao peso em que ache estar bom para mim, terei de o manter, por isso mesmo fico feliz mesmo que apenas mantenha o peso (significa que provavelmente no final da caminhada, estarei preparada para o manter). Por estes mesmos motivos vou ficando feliz de cada passo que dou mesmo que pequeno.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cheguei tão longe

por *Márcia S.*, em 25.03.16

Estive a ver fotografias antigas. Fotografias minhas, já com alguns anos. Fiquei a pensar em como poderia estar eu hoje, se tivesse começado a batalhar contra a perda de peso naquela altura. Apesar de gostar de fazer as coisas com calma, habituar-me melhor a cada dia e perder peso aos poucos, sem grandes pressas, foi algo que me passou pela mente. Não posso negar que fiquei um pouco "escandalizada" com a diferença que vejo no meu corpo comparando essas fotografias com o que estou hoje. Não deixo de achar estranho ver-me daquela forma naquelas fotos.
De qualquer forma, faz-me bem ver esta, antiga, realidade. Dá-me mais força para continuar, para lutar sempre para atingir todos os meus objectivos e sonhos. É extremamente bom ver as mudanças, positivas, que tive até hoje e são essas mudanças que também me dão mais força para superar as diferentes adversidades que se vão atravessando no dia-a-dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Benefícios do exercício físico

por *Márcia S.*, em 13.03.16

  • Diminui o risco de morte prematura

  • Reduz o risco de doenças cardíacas

  • Menor probabilidade de ter um AVC

  • Aumento do colesterol benéfico

  • Ajuda a reduzir os níveis da tensão arterial alta

  • Menor risco de desenvolver diabetes

  • Ajuda a perder peso

  • Melhora a saúde mental

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ser saudável em 10 passos

por *Márcia S.*, em 12.03.16

  1. Ter uma alimentação equilibrada e variada

  2. Manter uma rotina activa

  3. Deixar o tabaco e álcool de lado

  4. Evitar os refrigerantes e outras bebidas ácidas e adoçadas artificialmente

  5. Beber muita água

  6. Ingerir um jantar leve

  7. Dormir bem

  8. Substituir os hidratos de carbono refinados por alimentos integrais

  9. Consumir medicamentos apenas sob orientação médica

  10. Praticar exercício físico ou ter um passatempo de forma a sair da rotina

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens