Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Somos as consequências das nossas escolhas

por *Márcia S.*, em 25.06.18

Já passei por aquela fase de não me reconhecer quando me olhava no espelho. Foi como morrer por dentro, sentir que não conhecia aquela mulher que me aparecia no espelho. Não a conhecia, éramos perfeitas estranhas a ocupar o mesmo corpo. Não sabia onde teria falhado para me perder assim tanto. Ou, por outro lado, não ser franca comigo mesma e apontar todos os meus erros. Todas as minhas más escolhas. Más escolhas, sim, porque no fundo são elas que nos vão caracterizando mesmo que por meros momentos.

Nesta fase da minha vida sentia-me completamente perdida, completamente desfeita e morta por dentro. O desgaste psicológico já era grande, mas quando tive este "choque" deixei-me perder o controlo de tudo. Ou simplesmente descobri que já fazia muito tempo que eu não era dona da minha vida. Que havia sempre alguém por trás que me fazia não seguir os meus próprios instintos.

O problema nem sempre é chegar a estas conclusões, mas sim conseguir dar a volta por cima e superar todos os erros cometidos até então e perdoar os mesmos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Imagem de perfil

De Catarina a 28.06.2018 às 17:39

Existem fases da nossa vida em que nos deixamos enredar por emoções que nos desgastam, sem que nos consigamos aperceber da teia em que estamos a colocar-nos... mas o importante é entender a origem deste desgaste e 'cortar o mal pela raiz' por muito que custe, em prol do nosso bem estar
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 29.06.2018 às 12:05

Ora aí está!
Concordo a 100%

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens