Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Quem fui eu afinal?

por *Márcia S.*, em 08.04.16

Eu fui uma miúda constantemente insegura, com imensas hesitações, sem vontade própria, tímida, extremamente medrosa e que dava muito valor a todas as opiniões que ouvia das outras pessoas, familiares, amigos e amigos da onça. Fui uma miúda cheia de sonhos, que ouvia comentários negativos e cruéis e apenas sorria. Fui uma miúda que era incapaz de pedir ajuda fosse para o que fosse, uma miúda que gostava de agradar a todos e se esquecia dela mesma. Fui uma miúda que durante 7 anos viveu os piores momentos da vida e preferiu guardar tudo para si. Fui uma miúda que sofria em silêncio e achava que tudo isso era normal, que se deixou manipular por opiniões que a faziam odiar-se a si mesma. Fui aquela miúda que para os adultos tinha um comportamento exemplar, sabia escutar e estar, para os outros miúdos era quase um monstro, tal eram os adjectivos que lhe davam.

Fui uma miúda que a partir dos 11/12 anos durante alguns anos, com alguns períodos de "descanso" (felizmente), se deixou dominar pelos colegas e conhecidos. Fui uma miúda que, infelizmente, se habituou de tal forma a ser vítima de bullying que achou que tudo isso seria normal e que provavelmente seria culpada pelo que passava. Bullying era um termo não muito usado, nem conhecido na altura. Fui uma miúda que se culpou de tudo o que, de negativo, se passava na sua vida. A certa altura tornou-se revoltada e com alguns comportamentos mais agressivos devido ao cansaço que já se acusava, mais psicológico do que físico.

Em suma, fui uma miúda que se deixou ser a vítima habituando-se de tal forma que não conseguia encontrar forma de fugir da situação.

Autoria e outros dados (tags, etc)



12 comentários

Imagem de perfil

De marrocoseodestino a 08.04.2016 às 10:37

Em alguns aspectos fazes-me lembrar a minha filha.
Bom fim de semana, Marcia.
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.04.2016 às 10:43

A sério? :)
Obrigada! Bom fim de semana.
Imagem de perfil

De marrocoseodestino a 08.04.2016 às 11:04

Infelizmente sim. Digo infelizmente pois enquanto tu ultrapassaste ela ainda está a tentar.
Coração de mãe sofre tanto
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.04.2016 às 11:34

Isso é pior. Acredito que para quem vê de fora também seja doloroso. Espero que ela ultrapasse rapidamente!
Mesmo ultrapassando o problema vai haver sempre más memórias, é sempre necessário lidar com elas.
Imagem de perfil

De Ana Gomes a 08.04.2016 às 10:47

Hoje percebi pelo teu texto que é provavel que o meu filho mais velho venha a sofrer isso! A situação passou hoje de manhã, enquanto falava com a auxiliar do mais novo á porta o mais velho veio ter comigo a chorar e agarrou-se a mim (ele tem 6 anos). Perguntei o que se passava e ele disse que um menino do 2º ano o empurrou! Mas cheira-me que há mais alguma coisa do que isso!
Agora que penso melhor será melhor ter uma conversa com ele, calmamente e só nós os dois!
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.04.2016 às 10:50

Infelizmente pode ser uma hipótese. Não custa tentar falar com ele e esperar que, se for algo mais sério, ele conte. Os pais são sempre um apoio fundamental nesses casos.
Força e espero que não seja nada de muito grave!
Imagem de perfil

De Ana Gomes a 08.04.2016 às 11:00

Eu também espero que seja só uma fase menos boa... como ele sempre teve a autoestima muito em baixo não estava a ligar muito! Mas hoje aquilo criou-me um alerta!
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.04.2016 às 11:04

Pode ser apenas uma chamada de atenção por parte dele, mas pode ser algo a que se deve estar atento. Pela via das dúvidas é melhor ir estando atenta para que não piore a situação. Há sempre alguns mais "rebeldes" que acabam por querer mostrar autoridade aos restantes.
Imagem de perfil

De Ana Gomes a 08.04.2016 às 11:08

Sim eu sei, e o que se passou hoje deixou-me alerta. Mandei msg à professora a perguntar se tem notado algo de errado.
também pensei que poderá ser ele só a querer atenção porque os comecei a almoçar lá por em casa fazerem birras!
Agora tenho de conseguir discernir os factos e resolver o problema!
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.04.2016 às 11:37

Claro, em conjunto com a professora pode tornar a situação mais fácil de resolver a situação, seja ela grave ou não. Seja qual for o assunto, o importante é ficar resolvido e ele ficar bem. Vai tudo ficar bem :)
Imagem de perfil

De Melhor Amiga Procura-se a 08.04.2016 às 14:49

Antes de mais parabéns coragem partilhar.... Pode ser bom outras pessoas lerem...
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.04.2016 às 19:09

Obrigada. :)
Espero que sim! :D

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens