Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Quando os problemas teimam em aparecer

por *Márcia S.*, em 08.01.16

Há alturas que pareço um íman a atrair "o lado mau" das situações. Nem sempre tudo pode correr bem e quando tudo parece estar a correr a 100% a vida encarrega-se de lançar desafios para os superar. Alguns parecem ser repetidos, outros completamente novos. "Novas aprendizagens que irei retirar de tudo isto", vou pensando sempre para que tudo se suavize na minha cabeça. Nem sempre se torna fácil, nem sempre se torna simples de colocar a mente a trabalhar no que realmente importa e deixar o lado mais cruel no bolso. Foi por isso que me vi "obrigada" a assumir o papel de "ser uma pessoa em casa e outra fora dela". Presumo que o que mais consigo sentir nesta altura é sentir-me surpreendida comigo mesma. Surpreendida por conseguir deixar certos "fardos" em casa, saindo lá fora como se nada estivesse mal, como se o meu mundo estivesse a desabar e eu não podendo fazer nada para remediar a situação.
Chegar lá fora e encarar a porta de saída como uma porta de entrada para um outro mundo que não tem de "levar com problemas alheios" e nem tão pouco saber mais do que deve. O momento talvez mais complicado será certamente o que chego novamente ao meu mundo e tenho de voltar a pensar nesse lado cruel, porque não posso fugir dele.

É nestas alturas que o exercício me ajuda. Ajuda porque alivia o stress acumulado, porque me desgasta. Ajuda-me porque me deixa cansada ao ponto de ficar cansada para ficar a pensar demasiado nos assuntos que podem destruir-nos. Foi talvez das coisas que mais me ajudou nos últimos, quase, dois anos. Com o exercício aprendi não só o lado bom do "manter-me o mais saudável possível" mas também a usar algo útil para mim (e para a minha saúde) que me ajuda no dia-a-dia a controlar a ansiedade e stress.

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Imagem de perfil

De Andy Bloig a 08.01.2016 às 21:18

Quando as coisas correm mal é quanto tens de te afastar e procurares outro ponto de vista teu.
Começas a perceber aquilo que tanto te chateio, tem vários usos, mesmo que aches que são parvoíces... só te falta unir esses pontos para teres essa cabeça a usar os neurónios que tens, seja pelo bem, seja pelo mal.
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 08.01.2016 às 21:22

Nem tudo é tão simples assim. Talvez tenhas razão, talvez eu venha a descobrir isso um dia
Imagem de perfil

De Carolina Cruz a 08.01.2016 às 22:00

Para tudo há uma solução temos de pensar. Que os problemas venham para nos tornarmos mais fortes.
Bom fim-de-semana. :)
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 09.01.2016 às 11:07

Sim, isso é o mais importante!
Obrigada, igualmente. :)
Imagem de perfil

De Olavo Rodrigues a 10.01.2016 às 12:32

Uau! Admiro a tua força de vontade! Retirei uma boa lição do teu texto, parabéns. :-)
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 10.01.2016 às 15:12

Muito obrigada! Nem sempre é fácil, mas vale sempre a tentativa!
:D

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens