Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Porque gosto de

por *Márcia S.*, em 28.08.15

Ser estranha mas procurar a felicidade

Comer doces sem culpa (mesmo "fora de horas")

Dançar quando ninguém vê

Rir-me de mim mesma

Ser doida mas ser feliz!

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Nefelibata a 28.08.2015 às 21:10

A felicidade integral e ininterrupta é uma utopia, por isso devemos saber tirar proveito quer da felicidade quer da infelicidade (ambas são necessárias para a evolução das nossas almas). Por exemplo, a infelicidade é muito melhor professora do que a felicidade. Além disso, se não conhecêssemos a infelicidade, nunca saberíamos o quão bom é ser feliz!

E os sábios, esses, sabem ser felizes na infelicidade!

:)
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 28.08.2015 às 21:31

Ora aí está!
:)
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 28.08.2015 às 21:26

Quem for doido e nunca tenha feito um raid à prateleira de doces (incluindo despensa ou frigorífico (ou canto escondido algures dentro de um armário)) que não se tenha rido de si próprio?



(ela ainda me mata hoje... ou usa o que sabe e atira-me a um rio qualquer...)
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 28.08.2015 às 21:29

Eu hoje não faço mal a ninguém, nem mesmo a ti.
Estou em paz

Nunca mais é domingo pra me vingar da tua maldade de segunda.
Imagem de perfil

De Andy Bloig a 28.08.2015 às 21:33

Aiks... isto é aquela norma do "tens 48h" ou fazes aquilo que quero ou envio um tubarão esfomeado numa nuvem?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens