Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Depois dos 20

por *Márcia S.*, em 01.06.18

Após os 18 senti que não tinha mudado grande coisa na minha vida por ter atingido a suposta "idade adulta" que digamos, de "idade adulta" tem muito pouco. Sentia que nada tinha mudado em mim, nos meu objectivos até então, pois eram praticamente os mesmo que tinha até então. Nada se tinha alterado ou modificado, tudo se mantinha um bocadinho mais ou menos dentro dos mesmos padrões anteriores. Não havia muito que tivesse alterado nesse aspecto. No entanto, mudou um pouco a partir dos 20. Após essa idade, quase não dei pelo tempo passar. Os anos voaram, já lá vão 5 anos e parece que foi ontem que me sentia um tanto perdida no mundo. Como se não fizesse parte de lado nenhum. Era como se eu só fosse eu na minha cabeça, ninguém conhecia o meu verdadeiro eu e, na realidade, eu não fazia questão de o demonstrar. Dava-me, posso confessar, um certo gozo que por vezes tentassem perceber quem eu era realmente sem sucesso. Não fazia questão que, fosse quem fosse, soubesse um terço do que eu era ou porque tomava certas atitudes. 

Porém, a partir dos 20's tudo isso mudou. Como se um clique desse na minha mente e já nada me importasse sobre esse assunto. E isso, em parte, mantém-se até hoje. Estou nem aí para que saibam o que sou, quem fui e o que tenciono ser. A partir dessa altura eu não quis saber se a minha forma de ser seria aceite por quem me rodeava. Talvez nessa altura foi quando me tornei de uma forma mais agressiva naquela miúda que não quer saber se aceitam bem ou mal a sua opinião. Acabei por perceber que não vale de nada passar pelo mundo de forma silenciosa. Certamente existe alguém no mundo, nem que uma única alminha, que concorde com algo do que eu penso e digo. Já não me importava se ficariam chocados com a minha forma de ser, nua e crua, pois nada pode pagar o sermos nós próprios com tudo a que temos direito. Ficaria certamente mais preocupada com o peso na consciência se tivesse muitos "amigos" mas que apenas soubessem as minhas falsas opiniões. 

Após os 20 os objectivos começaram a ser mais consistentes, muitos deles continuam a ser os mesmos hoje. Após os 20 fui mudando por diversas vezes a minha opinião sobre mil e uma coisas. Com toda a certeza que posso ter dado uma volta muito grande na minha vida, mas não parei no mesmo ponto em que me encontrava antes dos 20's. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Imagem de perfil

De Nuno a 03.06.2018 às 00:58

Olá não sei se td lembras de mim. Chegaste a visitar e come tsr os meus blogs. Já não escrevo há muito muito tempo e de todas as pessoas que comentavam és a única que se mantém "no activo" resolvi passar e voltar a ler este teu cantinho. Gosto da forma crua direta e humilde como escreves. Gostei da humildade e maturidade com que pre ebeste que ao longo da vida mudamos de opinião e de gostos sobre tantas coisas na vida. Vou voltar para ler msis vezes e come tar outras tantas se me fores permitindo. Co ti ua está forma honesta de escrever e de ser
Parabéns pelo teu cantinho ao qual chamaria um diário digital.
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 19.06.2018 às 13:32

Claro que lembro :D
Muito obrigada!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.06.2018 às 15:16

Irei voltar com um novo blog em breve. Espero pela tua visita
Imagem de perfil

De *Márcia S.* a 19.06.2018 às 21:35

Certamente que sim, irei visitar com todo o gosto!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens