Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Deixar o medo de lado

por *Márcia S.*, em 01.02.18

Desde miúda que sempre fui muito medrosa. Muito devido a todas as minhas inseguranças, mas tinha 1001 medos que nem eu sabia bem explicar porquê ou como surgiram. Por mais tempo que fosse perdendo a tentar encontrar uma justificação para eles, mais depressa encontrava um novo medo do que propriamente uma razão para os que já tinha. Conforme os anos foram passando e eu fui ganhando autoconfiança, as coisas na minha vida começaram a mudar. E, sem que eu desse conta, os medos foram desaparecendo. Parecia que, como por magia, eu tinha ganho uma força enorme para superar todas as barreiras que nem dei conta de como tudo se processou. 

Hoje ainda tenho medos, sim tenho-os mas aos poucos tento que sejam combatidos. No entanto, há um medo que nunca morreu, que permaneceu dentro de mim desde sempre. Algo que nunca consegui deixar no passado, o medo de voltar a amar. Sei o que despertou este sentimento em mim, de qualquer forma tenho a noção que a pessoa certa o consegue quebrar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens