Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Jogar pelo seguro

por *Márcia S.*, em 05.02.18

Sempre tive imensas manias na minha vida, uma delas era jogar sempre pelo seguro. O que muitas vezes me fez não arriscar, quase sempre por não me sentir confortável com tal situação. O medo de arriscar, o desconforto, a forma como via o mundo e, quem sabe, a solidão me fizeram sempre jogar pelo seguro. Preferi resguardar-me de muita coisa durante a adolescência, privando-me de tantas outras, para não arriscar demasiado. Ao longo do tempo foi tudo se tornando habitual e eu, como assim decidi, resguardei-me de mil e uma coisas que quase enlouqueci. Porém, hoje agradeço a mim mesma por me ter poupado a certas figuras tristes que vi muitos a passarem. 

Mas, hoje, sou capaz de jogar do lado seguro e preferir o oposto. Não é que vá fazer o que não fiz na adolescência, mas arrisco muito mais (sem receios, sem medos, sem pensar vinte vezes primeiro) do que me prendo para não arriscar quando o meu coração me manda avançar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens