Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"Um dia serei capaz"

por *Márcia S.*, em 26.11.16

Há anos pensei diversas vezes que um dia seria capaz. Capaz de realizar diversas coisas, em diversos contextos. No entanto sempre deixei que tal pensamento ficasse bem guardado nos "sonhos" que ia tendo, mesmo que acordada. Mas, na realidade ao longo dos últimos anos esse "um dia serei capaz" vem-se repetindo e trocando por "eu fui capaz". E quase todos os dias eu posso dizer que fui capaz de realizar algo que acharia impensável. Talvez o que mais tenho notado será o vencer a timidez. Confesso que SEMPRE fui extremamente tímida, acho que nunca me conheci de outra forma. Tímida talvez fosse o nome que mais e melhor me caracterizou ao longo de muitos e longos anos. Mas, como tudo na vida, há um momento em que tudo resolve mudar. Não sei se foram as pessoas a puxar por mim, se fui eu a querer mostrar mais de mim, ou ambas as situações que se juntaram e andaram de mãos dadas. O que é certo é que aos poucos fui vencendo a timidez, fui-me tornando mais segura de mim mesma. Não digo que deixei de ser tímida ou que sou a pessoa mais extrovertida do mundo. Mas, consigo mais facilmente mostrar o meu ponto de vista, consigo falar mais, ser eu a dar o primeiro passo, partilhar ideias sem aquele medo do que pode surgir do outro lado.

Sim, "eu fui capaz" de me mudar. Tanto desejei uma mudança em mim mesma que ela aconteceu. Não só física como psicológica. Gradualmente aconteceu, e vai continuar a acontecer. Há sempre arestas a limar, poeira para assentar, pontos a melhorar. Nada está terminado, mas nunca me dou por vencida... não agora.

Sim, "fui capaz" de me superar a mim mesma em diversos pontos. "Fui capaz" de ultrapassar acontecimentos que nunca pensei ultrapassar, pelo menos com a "facilidade" que ultrapassei. Ou, melhor dizendo, achei que iria ter ou colocar muitos mais obstáculos do que tive e coloquei.

Sim, "eu fui capaz" de perceber que existe sempre uma réstia de sentimentos, mesmo quando achamos que não os temos. Podem estar escondidos, bem lá no fundo de nós, mas que existe... lá isso existe.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E quando algo corre mal

por *Márcia S.*, em 26.11.16

Cada vez se torna tudo mais claro na minha cabeça, cada vez se faz mais luz. Cada vez mais percebo que realmente tenho o amor próprio que tanto desejei no passado. Quando a vida acaba por me trocar os caminhos (quase) todos, acabo a valorizar-me mais a mim. Desde esse momento que tudo pode desabar em meu redor que consigo levantar-me muito mais rápido.

E quando tudo parece estar a dar errado, olho para trás. Olho enumeras vezes para o que já foi superado. É nesse momento que vejo, finalmente, que sou mais forte do que penso. Talvez consiga superar tudo muito mais rápido do que alguma vez teria imaginado.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens