Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Promessas quebradas - "Vou esperar-te"

por *Márcia S.*, em 04.04.16

Há alguns anos apaixonei-me. Apaixonei-me quando menos seria suposto, por quem não seria suposto, por diversas razões. Vivi talvez o melhor romance que tive na minha vida. Não éramos perfeitos e jamais tivemos um relacionamento perfeito, mas nem por isso poderia dizer que foi mau, até porque no balanço final não o foi. Durou o tempo que tinha de durar, não o que eu queria que durasse mas sim o que ambos permitimos. Terá sido, muito provavelmente, a maior paixão da minha vida. A maior paixão que tive até hoje. Nem tudo dura para sempre e essa relação foi uma, entre muitas outras coisas, das coisas que não durou para sempre. Agora que penso bem, "para sempre" parece tanto tempo!

Nesse dia, o dia em que tudo (ou quase tudo) terminou, prometi a mim mesma que iria esperar que o "mau tempo" acabasse. Prometi que o ia esperar. Na verdade, e sendo mesmo sincera, esperei. Durante longos dias, semanas e meses esperei. Mas a paixão, o amor, tudo o que nutria por essa pessoa acabou por desaparecer ao fim de algum tempo. Bastante tempo esse, confesso! De qualquer forma, não faria sentido eu esperar por algo, ou alguém, por quem já não nutria sentimentos grandes e fortes como anteriormente. Também sabia que a pessoa estava feliz e, por isso mesmo, não seria de bom tom interferir.

Foi assim que uma promessa que fiz, num mau momento, foi quebrada. Seguir a minha vida e (tentar) ser feliz foi o que fiz desde então.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como me inspiro

por *Márcia S.*, em 04.04.16

Nem sempre a inspiração aparece quando queremos, nem sempre as palavras fluem como devem fluir ou até mesmo aparecem as palavras mais acertadas para transmitir o que realmente queremos. Por vezes a cabeça bloqueia de tal forma que não deixa que tudo se torne simples de escrever ou até mesmo os temas para escrever surjam. No entanto, existem algumas coisas que me inspiram, ou servem de base, para que eu consiga escrever o que quero, sobre o que quero, quase sempre que quero. Nem sempre corre bem, mas no geral dá perfeitamente para me ir inspirando quando "mais preciso". Ouvir música, ler um livro (ou outra coisa qualquer, pode ser uma revista, um blog ou outra coisa), ver um filme, ir apanhar ar / passear a algum lado, são apenas alguns dos pontos que me ajudam a inspirar quando mais quero escrever mas estou completamente bloqueada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Parece-me que...

por *Márcia S.*, em 04.04.16

... esta noite vamos adormecer ao som de chuva, vento e trovoada! Que máximo, para um noite de domingo que parece não querer ver-me dormir tão cedo. Por acaso, o sono é pouco e com esta maravilhosa melodia mais complicado será adormecer. Segunda-feira não é, de todo o melhor dia da semana e começar com este tempinho não dá mesmo com nada. Fui ver a meteorologia e, ao que parece, entre terça e quinta pelo menos não vai chover. Haja alegria!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens