Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Ano novo, vida nova?

por *Márcia S.*, em 31.12.15

Fará isto algum sentido? Quer dizer que já tenho mais de 20 vidas? Será que todos os que dizem esta tão conhecida frase acreditam realmente no que estão a dizer?
Pessoalmente não acredito nesta "lengalenga". Acredito sim que a vida pode e deve mudar, se assim o quisermos, desejarmos e fizermos por isso. De nada vale dizermos que no próximo ano isto e aquilo irá mudar, ser diferente, se nós não fazemos nada para que se torne possível e real.

O próximo ano vai mudar sim! Vai mudar em tudo o que nós quisermos e fizermos para que mude... Somos nós que mudamos e não os anos que nos mudam!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Top5: Chocolates

por *Márcia S.*, em 31.12.15

 

Obrigada Andy por me desafiares a responder a este "Top5" de algo que adoro! Visto que adoro chocolate, não é assim tão fácil escolher os 5 que mais gosto, mas algo se vai arranjar! (Acho que desta vez a dieta fica de lado! )

 

 

 

  1.  Ferrero Rocher
  2. Chocolate branco
  3. Chocolate preto
  4. After eight
  5. Mon Chéri

Desafio também a responderem a este "Top5": M-m, João NunesMia e Joana.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

O que me chateia nos autocarros

por *Márcia S.*, em 31.12.15

Nunca gostei de transportes públicos, não sei bem porquê mas nunca gostei. No entanto uso-os sempre que necessário. Quem não gosta de andar de transportes públicos deve perceber o sacrifício que tem de ser feito para os usar (e só porque assim tem de ser).

Chateia-me que nas horas de ponta os autocarros venham sempre cheios (e para quem não gosta de andar neles, juntando ao facto de não gostar de se sentir muito "apertada" naquele minúsculo corredor, torna-se muito complicado).

Chateia-me que as pessoas não se desloquem até à parte de trás do autocarro, deixando desde a porta de saída até à porta de entrada tudo cheio e o motorista nem parar na paragem porque "vai tudo cheio".

Chateia-me que os velhotes (não uso este termo com desdém!) passem o tempo todo a refilar no autocarro. Ou é porque vai cheio de "miúdos da escola", o porque não existem lugares de vago ou porque deixaram o bichinho sozinho em casa.

Chateia-me ver crianças a fazer birra! Eu adoro crianças, não gosto é de as ver fazer birras principalmente dentro de um espaço tão pequeno em que o mínimo ruído nos entra pelos ouvidos.

Chateia-me que as pessoas usem os autocarros como uma espécie de muro das lamentações. Fico com a sensação de que quando ando de autocarro fico a saber imenso sobre a vida das pessoas. Fantástico, não?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fazer algo por alguém

por *Márcia S.*, em 30.12.15

É sempre bonito fazermos algo por alguém. Não que tenhamos de o fazer todos os dias nem por obrigação, mas fazendo algo por alguém faz-nos melhores pessoas. Faz-nos ter o tal sentimento de "missão cumprida". Mas, deve existir a ideia que o "fazer algo por alguém" não significa "fazer tudo por alguém". Por mais amigos que sejamos, ou não, saber dizer "NÃO" torna-se cada vez mais uma virtude nos dias que correm.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confiar em nós

por *Márcia S.*, em 29.12.15

Porque não ter confiança no que somos, fazemos, confiar em nós?! Sou da opinião que se confiarmos em nós, é meio caminho andado para sermos tudo o que quisermos. Por vezes confiamos mais nas pessoas do que em nós mesmos, confiamos mais em quem não devemos ao invés de depositarmos toda a confiança em quem conhecemos melhor (ou assim deveria ser)... Nós mesmos! Confiar no que queremos, para onde queremos ir e o que faremos para lá chegar. Confiar na nossa essência, no que sentimos e desejamos, no que achamos e vemos.

É algo tão simples mas ao mesmo tempo pode ser tão complicado se não soubermos por onde começar.
Mas, no final, é tudo tão mais recompensador.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens