Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"E tudo o tempo levou"

por *Márcia S.*, em 28.10.15

Sou de fases. Sou de luas. O meu humor depende do humor com que me tratarem e ainda assim consigo tratar bem quem me trata com uma certa indiferença, sem ressentimentos de nada. Hipocrisia para uns, para mim é uma forma de "jogar limpo" com pessoas que têm muito (ou pouco) significado para mim. Nem sempre digo tudo o que penso, prefiro fazê-lo apenas com quem é importante na minha vida, pois devo-lhes a minha total sinceridade. Mas, e porque há sempre um mas em tudo, há dias que vejo as coisas de outra forma. Sendo humana como todos os que por aí andam, erro como todos os outros e ainda bem que o faço! É sinal que estou viva e ainda tenho pontas para limar. Vida triste deve ser a de quem não erra e tem falta de coragem para assumir que já não gosta.

Mas agora vejo as coisas de outra forma. O que tive ontem não preciso de ter hoje, até porque as pessoas mudam demasiado em muito pouco tempo. Tornam-se em pessoas que não imaginava serem, em pessoas que me cativaram pela forma como me trataram e hoje já não cativam mais. Dizem que o esforço tem de ser de parte a parte e há dias que me canso de me esforçar em vão.

Mas, agora vejo tudo de outra forma. Se ontem preferia dar o primeiro passo em relação a pessoas que adoro, agora deixo que tudo seja como as pessoas quiserem. Se vierem são bem-vindas, se escaparem deixo-as ir da mesma forma que as deixei entrar. Não gosto de me sentir sufocada e muito menos de sentir que estou a fazer alguém sufocar.

 

Perdi-me algures no tempo, talvez. O tempo pode trazer coisas boas e levar outras ainda melhores. No fundo, o tempo ajuda a perceber tudo o que no momento não conseguimos entender.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens