Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Não esperar nada de ninguém

por *Márcia S.*, em 29.08.15

 

Quanto mais esperamos algo de alguém maior é a queda, mais tarde ou mais cedo. Já esperei demasiado de pessoas que julguei serem "boas pessoas". Mas, para quê esperar alguma coisa de alguém quando o melhor é sermos surpreendidos? Surpreendidos pela positiva, pois está claro.
Deixei de esperar, seja o que for, das pessoas. Prefiro ser surpreendida, sem estar mesmo a contar que aquilo aconteça. Até porque quando não estamos a contar, as coisas correm tão mais naturalmente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viciei

por *Márcia S.*, em 29.08.15

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fixar caras

por *Márcia S.*, em 29.08.15

Normalmente consigo fixar as caras das pessoas que me falam em qualquer circunstância, mas tem outras alturas que a cara delas me escapa completamente. É importante referir que muitas vezes faço de conta que não me lembro, porque não tenho interesse em falar com a pessoa em questão.
O mais caricato é que outro dia uma pessoa (não importa agora quem) disse-me que a minha cara não lhe era estranha. Fiquei na dúvida se já o conhecia ou não mas, muito sinceramente, nunca o vi mais gordo. Perguntei-lhe por que escolas andou. Lá as disse e eu fiquei na mesma. "Sabes como é, o Porto é grande, estás num ponto da cidade e eu noutro, é possível que fosse alguém parecido". A pessoa não ficou convencida e julgo que ficou a pensar que eu estava a dar grande tanga. Posso já ter passado por a pessoa na rua, nos transportes, eu sei lá. Ficou convencida que me conhecia de algum lado e eu ria-me da sua cara, talvez por isso achou que estava a gozar.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens