Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"O amor da minha vida"

por *Márcia S.*, em 20.06.15

Todos, em algum momento da vida, chegaram ao ponto de dizer "É o amor da minha vida". Por vezes até é e dura muito tempo, em alguns casos "Até que a morte nos separe" (isto soa-me tão mal!). Muitos(as) dizem (se não a maioria) que o amor das suas vidas são os filhos, mas não é desse amor a que me refiro, apesar de ser da opinião que amor é amor e pode é ter destinatários diferentes (namorado, marido, filhos, família, etc.). Quem nunca passou pela fase de dizer "É o amor da minha vida", certamente chegará a vossa hora!

Mas, e quando o amor da nossa vida deixa de o ser? Ou porque deixamos de o amar (afinal não era o amor da nossa vida) ou, e este penso que seja pior de ultrapassar, a pessoa deixa de nos amar, está cansada de nós! Infelizmente, ou felizmente (depende do ponto de vista), acabamos por passar por ambos e os dois são complicados de gerir.

Quando deixamos de gostar surge a falta de coragem para fazer a revelação, mas é importante que seja feita o quanto antes. Caso contrário estamos não só a perder tempo com alguém por quem já não nutrimos sentimentos, como estamos a fazer a outra pessoa perder tempo com alguém que já não as ama.

Sentir que alguém é o amor da nossa vida é como se a pessoa nos roubasse o coração e ficasse com ele, mas sempre junto de nós. É sentirmos que uma força nos leva ao encontro da outra pessoa. É sentir que nada é impossível quando temos a nossa "cara metade" a nosso lado. É sentir que aquela pessoa é o nosso porto de abrigo. É sentir que aquela pessoa é o nosso herói.

Mas, quando tudo acaba, nem temos noção do seu fim. É como se o mundo acabasse, fosse retirado o chão dos nossos pés e ficamos com a sensação de que não vamos voltar a amar. Mas vamos! Temos de dar tempo ao tempo, curar as feridas e abrir o coração.

 

É importante não deixar de acreditar. Um dia, o mundo e a vida voltam a sorrir!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens